Entrega Rápida no Portugal com a UPS: 2-3 dias úteis por apenas € 13 Grátis a partir de €150.

0

O Seu Carrinho está Vazio

Poderá o óleo CBD ajudar a tratar o cancro no futuro?

4 min de leitura

Poderá o óleo CBD ajudar a tratar o cancro no futuro?

O cancro é o maior problema com o qual lidamos há muito tempo. Existem milhões de pessoas em todo o mundo que sofrem de cancro. Alguns deles só se recuperam se o cancro for diagnosticado no estágio inicial. No entanto, se passou no primeiro estágio, há hipóteses de não conseguir tratar o problema. À medida que as células cancerígenas se espalham pelo corpo, as hipóteses de recuperação são reduzidas.

Por décadas, os ciêntistas têm procurado um remédio ou vacina que possa ajudar a tratar o cancro ou a proteger-nos dele. No entanto, parece que a maioria das experiências e teorias falharam, porque um tratamento adequado para o cancro ainda não foi desenvolvido. Não há dúvida de que na indústria médica foram feitas melhorias e existem muitos tratamentos temporários disponíveis. Aumentaram as hipóteses de sobrevivência. No entanto, não temos 100% de certeza de que o cancro possa ser tratado.

A crescente popularidade do óleo CBD motivou os ciêntistas a testar o óleo para o tratamento do cancro também. Parece que os testes mostram resultados positivos e há chances de termos um tratamento permanente para o cancro. Aqui temos tudo o que precisa saber sobre o cancro e o óleo CBD.

Tratamento do cancro e óleo CBD

Recentemente, foi descoberto que não apenas a cannabis, mas também o óleo CBD, ajudam a combater as células cancerígenas. O óleo CBD é extraído do cânhamo e plantas semelhantes à cannabis. É um químico não-psicótico que tem muitos benefícios surpreendentes. O CBD trabalha com o sistema endocanabinoide do corpo. É um sistema importante do corpo que tem receptores em quase todas as partes do corpo e tem controlo sobre o sistema regulador do corpo.

CB1 e CB2 são os dois receptores em que o óleo CBD pode mostrar sua reação. Os receptores CB1 estão localizados no sistema nervoso e principalmente no cérebro. Considerando que, os receptores CB2 estão localizados principalmente no sistema imunológico do corpo. Verificou-se que o THC estimula diretamente os receptores e é por isso que causa os efeitos psicóticos que não são bons para o corpo humano. Por outro lado, o CBD estimula apenas os receptores, assim como o processo natural do nosso corpo e é por isso que as hipóteses de haverem efeitos secundários são reduzidas.

Nos últimos anos, foram realiados vários estudos sobre os efeitos do CBD no corpo humano e foram encontrados vários. Algumas das incríveis propriedades medicinais encontradas no óleo CBD são:

  • Anti-psicótico
  • Anti-inflamatório 
  • Antiemético (reduz náuseas e vómitos) 
  • Antioxidante
  • Anti-tumoral/anti-cancerígeno
  • Anticonvulsivante (suprime a atividade convulsiva) 
  • Ansiolíticos (combate a ansiedade) 
  • Antidepressivo
  • Analgésico (alivia a dor)

A propriedade mais famosa do CBD é a propriedade anti-tumoral ou anti-cancerígena. A razão é que estas chamaram à atenção de muitos especialistas. Ficou provado em vários estudos que o CBD tem as propriedades para matar o cancro do pulmão e da mama. Alguns dos efeitos do CBD que foram encontrados nos estudos são:

1. Estimula a morte celular com apoptose. 

2. Pára a divisão e proliferação de células malignas no corpo.

3. O CBD pode proteger os novos vasos sanguíneos de se transformarem em células tumorais. 

4. Está a ajudar a reduzir a chance de disseminação de células cancerígenas por todo o corpo. Desta forma, as células não se moverão ou invadirão as células normais. 

5. Acelera o processo de autofagia das células cancerígenas.

6. Acelera o mecanismo interno de eliminação de resíduos do corpo.

É apenas o começo; Os ciêntistas estão a trabalhar duro para provar esses aspectos para garantir que o óleo CBD seja usado no tratamento do cancro.

Tratamentos com óleo CBD

Não há provas científicas disponíveis, esta é a razão pela qual os médicos não estão autorizados a prescrever ou usar o óleo CBD como o tratamento de primeira linha do cancro. No entanto, tem sido notado que há muitos especialistas que estão a sugerir aos seus pacientes que usem o óleo CBD depois de terem passado pelos tratamentos primários, como quimioterapia ou radioterapia.

Após o tratamento do cancro, existem diferentes tipos de efeitos secundários que as pessoas têm de lidar, como perda de cabelo, perda de peso e tom de pele irregular. A maioria dos indivíduos estão prontos a aceitar esses efeitos secundários, mas o verdadeiro problema surge quando têm de lidar com outras questões como dor, fadiga etc.. Sabemos que o problema do cabelo e do peso será resolvido com o passar do tempo, mas o que fazer com os outros problemas. A maioria das pessoas não tem permissão para tomar medicação após o tratamento e é por isso que elas têm de suportar os efeitos secundários que acompanham o tratamento. Para tornar o processo mais fácil para os pacientes, há muitos médicos que prescrevem o uso de óleo CBD.

A maioria dos especialistas aceitou os benefícios que vêm com o óleo CBD e é por isso que estão prontos para permitir que os pacientes o usem após o tratamento primário. Verificou-se que a condição da maioria dos pacientes melhorou. Recuperaram-se em tempo limitado. Mostraram progresso. Nos últimos anos, na maioria dos pacientes, as células cancerígenas desenvolveram-se novamente mesmo após o tratamento. No entanto, após a utilização do óleo CBD, verificou-se que as hipóteses de crescimento de células cancerígenas reduziram drasticamente. Pode parecer surpreendente para alguns, mas a maioria dos médicos agora concorda que, no futuro, há chances de que o óleo CBD seja usado para o tratamento do cancro.

Conclusão sobre o CBD e o cancro

Verificou-se que o CBD mostrou alguns resultados promissores quando se trata do tratamento do cancro. A única questão é que as provas ciêntíficas não estão disponíveis e é por isso que os médicos não estão autorizados a usar o óleo CBD diretamente para o tratamento, mas estão a usar para o processo de reabilitação o que reduziu o crescimento de células cancerígenas no corpo.

Fontes utilizadas neste artigo:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22625422
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29061818
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28588483
https://www.cancer.gov/about-cancer/treatment/cam/patient/cannabis-pdq
https://www.marijuana.com/news/2017/02/dr-sanjay-gupta-talks-truth-immorality-opioids-and-weed-4/


Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem apresentados.

Junte-se à nossa newsletter para obter um presente de boas-vindas gratuito